Baleiês

Desde o momento que nascem, os bebês já buscam seu próprio crescimento e começam uma incessante batalha contra as “cobranças” do mundo adulto. Se a gente, mãe de primeira viagem não relaxar, começa muitas vezes achar que nossos filhos têm algum tipo de deficiência!

A primeira pergunta que ouvimos é “foi parto normal?”; Se foi cesariana não se sinta culpada, você não deixou de ser menos mãe por isso, pelo contrário, aquela marquinha que ficará para sempre escondida pela calcinha e pelo biquíni só te faz relembrar o momento mais sublime da feminilidade, o ato de ser mãe. Depois vem a outra pergunta “tá amamentando?”; Novamente não se sinta péssima, nem pense em se matar porque seu leite secou ou não quis amamentar, isso não torna você um monstro. “Dorme a noite toda”; sim queridas, existem bebês que nascem dormindo a noite inteira. Seu filho é a regra se não dormir bem durante a noite.

Depois, ao longo dos meses, as perguntas são voltadas especificamente ao desenvolvimento do bebê. “Já está sentando?” “Já começou a engatinhar” “Já começou a comer frutinhas e sopinhas?”. Quando me faziam essas perguntas e eu dizia “não”, a tréplica era muito devastadora “nossa, meu filho engatinhou com seis meses” ou “puxa, na minha época não tinha disso, dava leite de vaca com maisena e com quatro meses já chupava bifinho de carne”. Queridas mães, eu me achava à pior mãe do mundo porque o desenvolvimento da Sophia era abaixo do normal. Sophia é preguiçosa e engatinhou com quase 11 meses. E ouvi tanto! Depois vieram as perguntas sobre andar. O que mais ouvia era “meu filho andou no aniversário de 1 ano”. A minha filha andou com 1 ano, 3 meses e 5 dias!

Agora que Sophia está com 2 anos, ela descobriu que tem voz! Voz para falar, gritar e cantar. A cada dia uma palavra nova é introduzida ao seu pequeno dicionário. Ablá = água; Fophia = Sophia; Uouô = vovô; Tetéia = lua; Papai Amon = papai Ramon; Gaia = garra; úa = rua; A Tá Tui = ratatouille (o filme do ratinho cozinheiro); Zizi = xixi; sem falar que os animais ela chama pelo som: Auau = cachorro e que tudo que ela quer ela responde com um enfático é né, quequé esse, mas quando não quer, o não já é bem colocado no final da frase.

Quando foi sábado, o “papai Amon” cantarolou a música de abertura do filme “Monstros S.A.”. Pronto, isso foi o start para que ela descobrisse que com sua voz poderia cantar, então agora Sophia passa o tempo todo cantando em Sophiês. E a mamãe tenta dar significado a cada palavrinha lindamente pronunciada. Mãe é boba mesmo!

Hoje, com 2 anos, 1 mês e 23 dias, minha princesa já sabe se comunicar verbalmente. É claro que ainda existe a preguiça e com isso é mais fácil esperar a mamãe perguntar todas as opções e somente dizer “é”, mas podem ter certeza, é a resposta monossilábica mais linda e perfeita que existe.    

4 comentários :

  1. Mas que linda Sophia cantando! Vou querer o cd!

    ResponderExcluir
  2. Oi Marcela,
    Concordo com vc, é um saco essa cobrança, na mesma época que a Eloise nasceu, nasceram também vários filhos de amigos e conhecidos, então já viu as comparações né?? Eu detesto que façam esse tipo de pergunta e eu nunca fiz ou fiquei fazendo comparações, pq acho que cada criança se desenvolve de uma maneira. Por exemplo a Eloise esta com 1 ano e 3 meses e ainda não nasceu dentinho, aiiiiiiiii todos os dias vem um e pergunta: E os dentinhos?? O pior são as sugestões, do tipo: AHH Acho que vc vai ter que forças a rasgar o dentinho dela, vê se pode???????? Aff
    Se cada um cuidasse da sua vida e vivesse quieto (alias isso é um conselho que Jesus deixou na biblia) não teríamos tantos problemas.
    Bjosssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Marcela,

    Concordo com você sobre as cobranças, São chatas mesmo!!!
    Outro dia estava numa loja de artigos para bebês e vi um canudinho para colocar no copo (canudinho mesmo!!!!) e dizia a partir dos nove meses. Mesmo com meu filho sendo espertinho e abusado (não tem medo de nada e seu desenvolvimento é ótimo para a idade) eu fiquei me cobrando se ele já deveria saber chupar no canudinho. Me senti péssima! Ele com nove meses ainda não toma no copinho e não chupa o canudinho... Ou seja nós mesma nos cobramos por tudo o que acontece com nossos filhos!!!
    Precisamos parar com isso.
    Parabéns pela nova cantora!

    Beijos!

    Lívia.

    ResponderExcluir
  4. Camila é verdade, havia até me esquecido da fase dos dentinhos! Nasceu o primeiro dente da Sophia com 10 meses e ainda foi o canino superior, parecia uma vampirinha!!! E Lívia, é verdade, muitas vezes, nós mães é que cobramos que nossos filhos sigam um padrão. Se o copo de adaptação diz que é "apartir dos 6 meses", a gente compra e quer que nossos pequenos já saibam beber sem derrubar nenhuma gota. Cometi alguns desses erros, mas hoje vejo que Sophia tem o seu tempo e respeito!
    Obrigada meninas pelos elogios, o CD com DVD ao vivo em breve deve estar concorrendo ao Grammy, huahuaha!!!

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 Mamãe de Salto - Layout Personalizado por Giselle Carvalho