São tantas emoções!!

“Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu senti”. Sim, estou usando o “Rei” Roberto Carlos! Não, não sou fã! Se bem que o show dele com o Caetano Veloso cantando Tom Jobim merece ser visto e revisto muitas vezes!

Mas ontem Sophia teve uma atitude, ou melhor, uma reação que confesso que mexeu comigo. Não foi a primeira vez, mas ontem eu precisei parar, pensar e repensar sobre o desenvolvimento da minha filha. Vamos ao evento de ontem.

Estávamos assistindo pela milionésima vez o filme “Toy Story” (era o primeiro da série, que ela já assistiu muitas vezes) deitadas na cama – desde semana passada Sophia só quer assistir filmes na companhia da mamãe, e temos que estar de mãos dadas. Acredito que muitos já assistiram a esse filme, mas para aqueles que não tiveram o fizeram, aconselho, não somente pela história linda, mas porque foi o primeiro filme feito por animação gráfica.

O aniversário de Andy está chegando e os brinquedos estão nervosos. Afinal de contas, eles temem que um novo brinquedo possa substituí-los. Liderados por Woody, um caubói que é também o brinquedo predileto de Andy, eles montam uma escuta que lhes permite saber dos presentes ganhos. Entre eles está Buzz Lightyear, o boneco de um patrulheiro espacial, que logo passa a receber mais atenção do garoto. Isto aos poucos gera ciúmes em Woody, que tenta fazer com que ele caia atrás da cama. Só que o plano dá errado e Buzz cai pela janela. É o início da aventura de Woody, que precisa resgatar Buzz também para limpar sua barra com os outros brinquedos, porem Buzz veio com um defeito de fabricação: ele não acredita que é um brinquedo!

Sinopse feita, vamos voltar a Sophia. Estávamos assistindo a cena em que o Buzz descobre que ele é um boneco. Quando olhei para ela ... ela estava chorando!!! O queixo tremeu, começou a enxugar as lágrimas com o paninho da chupeta (Sophia sempre usou um paninho preso à chupeta, desde que nasceu) e soluçava! Sophia se emocionou com a tristeza do Buzz! Eu comecei a chorar junto e, só de lembrar a cena de ontem, meus olhos enchem de lágrima!





Outro episódio similar foi assistindo a um vídeo do Youtube, daquela música “Twinkle Twinkle Little Star” (Brilha brilha estrelinha) ... o filminho é realmente muito lindo, e ela chorava de soluçar. Eu queria que ela parasse de assistir e ela continuava “não mamãe, mais”. Eu chorava junto!





Minha questão é ... como um ser, tão pequeno, assistindo a um filme, pode se emocionar? Será que a emoção está no música (em ambas as cenas tinha trilha sonora)!?? Será que a emoção está no semblante dos personagens?!?! Ou será que minha filha está entendendo o que é “sentimento”?!?

 

Me emocionou vê-la sofrer. Ela sentiu a dor dos personagens. Ela chorou com eles. Chorou por eles. E eu só posso sorrir; sorrir de alegria, de felicidade porque meu bebê cresceu!

 

 

 


O dia do sorteio da fralda de pano Mamãe Natureza está chegando, é sábado (18/06). Ainda dá tempo de participar ... não custa nada, quer dizer, custa uns minutinhos comentando nesse post aqui http://monmaternite.blogspot.com/2011/06/para-agradecer-sorteio.html com nome completo, email (não esqueça do email!!), nome do seguidor (se for) e responder a pergunta “por que devo ganhar a fralda de pano Mamãe Natureza”.

 

 

 




9 comentários :

  1. Sabe que já me questionei sobre isso,meu filho tem 2 anos e 7 meses,ja fala e tudo,e ele é apaixonado pelo bambi,ele ate olha outros como carros e agora o Rio,mas o favorito é p bambi e tem cenas que ele se emociona e fala olha mae coitadinho do bambi!Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Amiga qui lindo !!!! fiquei toda boba aqui imaginando a cena dela se enchugando com o paninho SENSACIONAL NE ....

    sou apaixonada por todos estes filmes e confesso que o Buzz é paixão nacional la em casa e acredita que no ultimo no toy story 3 quando o Woody leva os brinquedos para a menininha eu chorei kkkk sim só tinha eu de adulta no cinema com o maridão e eu la chorando igual boba rsrsrsrs

    não vejo a hora de assisitr com a Bela ...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Má, com certeza ela já entende os sentimentos... acredito que a junção de tudo (expressão facial, trilha sonora) ajudam a aflorar a emoção nela... É, nossos filhos estão crescendo!!!
    O Lucas só demonstrou sentimento assim uma vez... qdo caí na besteira de mostrar o vídeo de nascimento dele... ele ficou mto emocionado em me ver emocionada e chorava de soluçar... e pedia pro nenem (no caso ele), não chorar também... fiquei sem saber o que fazer, tirei o dvd, mas nem depois de mto tempo conseguia acalmá-lo... chorou tanto que dormiu chorando e ficava soluçando durante o sono... nunca mais mostrei o dvd pra ele (traumaaaa!!!)...

    ResponderExcluir
  4. Marcella
    Acho que ela já entende sim o que é o sentimento e nessa fase começam a demonstrar isso através de gestos, palavras e ações. Claro que a questão da música influi também mas o desenvolvimento delas permite que saibam distinguir os sentimentos mais diversos. Aqui em casa Gaby já demonstrou algumas vezes se emocionar, como a amiga aí de cima comentou sobre o parto, ela também chorou ao se ver chorando no parto, ficou emocionada vendo o pai e o tio chorando no dia do nosso casamento (pelo vídeo claro). E já sabe dizer que nos ama sem a gente pedir, assim de verdade.
    Beijos mil

    ResponderExcluir
  5. Essas descobertas são lindas mesmo e Sophia está se apropriando cada vez mais disso, acho lindo quando ela vê alguém chorando e vem me mostrar que a pessoa está triste, mais lindo ainda é quando ela brinca e expressa também esses sentimentos, a boneca que chora, a outra que tá feliz, a outra que tá com raiva!!
    Bom né?
    A gente também adora Toy Story!
    Beijocas,
    Aretusa, mamãe da Doce Sophia

    ResponderExcluir
  6. Oi Marcella, que linda a Sophia, tão pequena e cheia de sentimentos! Você deve se orgulhar dela, isso é muito bom. Ela é madura para a idade e sensível. Pode se orgulhar, querida, que isso não faz mal. É ótimo ela já ter essa percepção dos sentimentos! O Henrique ainda não entende bem. Explico os sentimentos e faço as caras de triste, bravo, feliz, bobo, ele percebe a diferença, mas acha engraçado. Ainda não associou com o sentimento. às vezes quando chamo a atenção dele e ele fica todo triste e emburrado, pergunto: Henrique, vc está bravo com a mamãe? E ele diz: não! Aí logo ele desmancha a cara de triste e volta a ficar normal.
    Vou começar a colocar o Toy Story!

    Sobre o seu desabafo, querida, sei que não é fácil. Sempre que isso acontecer, lembre de mim, ok: "respire fundo, ouça e filtre"!!! No fundinho do seu coração lembre-se do "mantra" e pense "eu é que sei"!
    Beijão.

    ResponderExcluir
  7. Oi Marcella
    Não sei se vc vai ler aqui a resposta para sua pergunta sobre meu post mas aqui vai. Um idiota anônimo entrou para falar sobre as fotos da minha filha, falando que ela é feia e que a boca dela é horrível... pensa bem, uma pessoa se dá ao trabalho de entrar no blog dos outros e ainda mais para criticar o filho dos outros? Não gostei e por isso coloquei o post, mas agora vou voltar a moderar os comentários e anonimos não serão aceitos nem quando falarem bem... tem que se mostrar para ser bem visto né? Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ai fiquei imaginando essa cena dela enxugando os olhinhos com a fralda. Que coisa fofa!
    E os pequenos entendem os sentimentos sim, e é a coisa mais linda ver eles se expressando!
    Beijinhos e bom fds!

    ResponderExcluir
  9. Ai que doçura, Má!! Se emocionando com filmes... Não tem como não se emocionar junto. Esses pequenos conseguem mesmo balançar nosso coração com pequenos gestos, né?? Parabéns pela filhota que além de sensível é linda de viver!! =)
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 Mamãe de Salto - Layout Personalizado por Giselle Carvalho