Quem canta ...

... seus males espanta! Sim, e não tenho a menor dúvida disso! Uma música faz a gente voar, sonhar, esquecer ou quem sabe lembrar de algo ou alguém! Todo mundo tem um momento que pede uma música especial, que liga uma situação a uma determinada música, seja na infância, na adolescência, no primeiro amor, na faculdade, do namoro, de uma viagem ... sempre tem uma música que a gente vira saudosista!

Ultimamente tenho vivido maus momentos, para não dizer péssimos! Há pouco mais de duas semanas perdemos a avó paterna do marido, até falei AQUI e há alguns dias meus avós maternos, vô e vó foram internados! Eu que me achava por nunca ter perdido ninguém na família estou tendo que me “acostumar” com aquilo que é certo nas nossas vidas: a morte!

Hoje por exemplo foi um dia que adoraria ficar na minha casa, na minha cama, deitada e melancólica .... tantas coisas resolveram acontecer comigo que me sinto um vulcão prestes a entrar em erupção, mas ao invés de explodir eu estou prestes a cair em um choro incontrolável. #TPMmodeON?!? Na dúvida comprei um estoque de Kinder Chocolate, o escolhido do momento!

Como minha chefe viajou rapidamente para cuidados do papai e da mamãe (meus avós) estou no trabalho por uma questão de responsabilidade, existe um telefone que não para de tocar. Mas é hora também de parar, pensar e colocar as ideias no lugar.

Tem horas que ainda estranho, ou não acostumei com o fato de ter vinte e cinco anos, ser mãe de uma princesa de três anos e meio e casada há um ano e pouquinho! Sabe, eu ainda acho isso muito estranho. (In)Felizmente não era isso que eu tinha sonhado para a minha vida ... segundo meus sonhos de adolescência, com vinte e cinco anos eu estaria buscando um lugar no universo profissional, quem sabe voltando de um intercâmbio nos EUA, Inglaterra, Austrália ou Espanha, quem sabe com planos de noivar e daqui a poucos anos casar.

Eu sem querer querendo atropelei tudo e acabei misturando algumas coisas, inventando outras e destruindo muitas.  E o que me faz ter certeza disso?!? Músicas que marcaram cada fase dessas partes da minha vida!

Quando eu era apenas uma adolescente, que tinha como preocupação o guarda-roupa, a nécessaire e os eletroeletrônicos e que tudo na minha vida era o namorado, gostava muito de Brighter Than Sunshine – Aqualung e tudo o que o Jota Quest podia lançar, mas sempre tem uma em especial né ... no meu caso era O que eu também não entendo.






Quando descobri que estava grávida, minha única vontade por dias e mais dias foi voltar no tempo, algo impossível ... então eu chorava! Para dar ritmo as lágrimas que rolavam bochecha abaixo, nada melhor que Velha Infância – Tribalistas, Miracle Drug – U2 e Never Ever – All Saints.








Sophia princesa da vida nasceu e eu por alguns meses morri! Não me lembro de nada nem de ninguém, acho que foi tudo tão horrível que eu só queria sumir e não aparecer nunca mais! O que me dava energia era ouvir Beautifil Day – U2 e se precisava de uma energia extra, era hora de colocar para tocar as músicas do DVD Big Beach Boutique II – Fatboy Slim.





Com o tempo passando, tudo aquilo que eu ouvia ficou guardado no fundo da minha memória e apenas Galinha Pintadinha comandou minha vida! Era dia e noite, noite e dia o DVD1, depois o DVD2 ... UFA, ainda bem que lançaram o três!








E foi no sábado a noite que eu voltei a pensar em música, nas minhas músicas! Estava passando um programa na MTV com as dez mais boy bands, e foi aí que eu (re)vivi momentos únicos, maravilhosos e que infelizmente nunca mais irão voltar! Tempo que eu me preocupava com que pôster ia colar na parede do quarto e se minha mãe iria brigar de ter tanta foto do Kevin; Tempo em que eu achava que problema era meu pai brigar porque eu estava há mais de dez minutos no telefone com minha amiga que iria ver no dia seguinte; Tempo em que eu achava que difícil era olhar na cara do menino que eu gostava sem dar na cara! Tempo que eu ouvia Backstreet Boys, N’Sync, Five, Britney Spears, Spice Girls e não estava nem aí com a opinião da minha irmã!

Não quero ter uma adolescência ou juventude tardia, nem acho que combine comigo ... mas quero me dar o direito de aproveitar que tenho apenas vinte e cinco anos. Tive o privilégio de ser mãe de uma princesa muito nova, que tive apoio da família e um homem que honrou seus compromissos e que me deu uma família para chamar de minha!

Ainda não tenho a vida dos sonhos, e não acredito que a terei, mas posso colocar uma música no computador e continuar a sonhar .... afinal de contas tempos melhores estão por vir....


17 comentários :

  1. Eu também amo músicas ;)
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. Amo a Velha infância, faz parte de uma faze ótima da minha vida. Onde aconteceram encontros e desencontros, mas uma faze em que aprendi a viver e entender que só serrei feliz se for feliz, entende!
    Amei e chorei intensamente essa musica.
    Me trouxe amores e dores, mas sempre será minha musica, uma das favoritas.


    Todos os clips são ótimos.


    bjuuuu

    ResponderExcluir
  3. bah, fase com "z" me matou!
    Mas a culpa é da tpm, viu!
    bju

    ResponderExcluir
  4. Olá Marcella!


    Pela primeira vez me vi pensando nisso que você escreveu e realmente senti o que está aí escrito! Fiquei grávida de surpresa e o susto foi maior 6 meses depois do primeiro nascer, ficar grávida novamente, e tudo isso começou quando tinha 25 anos, hoje com 29, uma família linda, feliz, não me vejo vivendo de outra maneira que sem as birras de todo dia, a minha casinha pra tomar conta e meu maridinho pra amar....aliás também recordei de meus sonhos de adolescente querendo desbravar o mundo em excursões mochileiras ao som de The Smiths, mas estes ficaram pra trás e agora meu maior sonho é viver feliz ao lado dos que fizeram minha vida realmente fazer sentido!


    Um grande abraço e muita força para superar o que a vida está lhe fazendo passar com seus entes queridos.


    E bora Cantarolar!

    ResponderExcluir
  5. Oi Marcella ^^
    Eu adorooooooo cantar, adoro musica, por vezes eu e o Daniel fazemos concertos aqui em casa (isso me deu ideia para um novo post kkk)
    É muito bom mesmo **
    Beijús

    ResponderExcluir
  6. Amiga ... acho que esse é o poder que a música das nossas vidas: marcam mas não nos faz sofrer TANTO! A gente até chora quando toca AQUELA música, mas não fica tão ruim pensar, não é mesmo?!


    Beijos, Má

    ResponderExcluir
  7. Perdoada!


    Eu também estou e me afundei no chocolate =/


    Beijos, Má

    ResponderExcluir
  8. UAU ...


    Eu acho histórias assim fantásticas, por isso tenho o blog! E eu também concordo com você, apesar de toda a surpresa e dos sentimento e pensamentos que só a gente sabe que sentiu e viveu, a gente não consegue trocar nada no mundo pelo o que estamos vivendo agora né?! Se me oferecessem todos os meus sonhos de adolescentes realizados e não ter Sophia, jamais voltaria no tempo ... preciso passar perrengue e sofrer mais ter minha princesa!


    Obrigada pelas palavras de apoio de carinho, são importantes nessa hora!


    Beijos, Má

    ResponderExcluir
  9. Então que venha esse post musical!


    Beijos, Má

    ResponderExcluir
  10. A música é ótima mesmo. Faz milagre em nossa alma.
    Bju

    ResponderExcluir
  11. E têm a música do Jota Quest: Dias melhores pra sempre..... BeijoBeijo. Andrea e Lara. http://coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nada melhor do que música. Amei o post.
    BeijosChrishttp://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Amei o post
    sabe que eu com 27 anos, às vezes me pego pensando em resgatar minha adolescência?? hahahah sei que ela foi muito bem aproveitada (as boas horas no chuveiro e no espelho cantando Backstreet Boys justificam rs) curti os ídolos (Kevin era meu preferido hahahah) e cada fase, mas tem horas que acho que amadureci muito cedo engravidando aos 24 anos. Ainda tenho um mar de sonhos, pois eu tmb pensava como você: que aos 25 pelo menos estaria trabalhando em uma super empresa, com meu carro e minha casa própria e muito dinheiro na conta poupança hhahaha, mas nem sempre sai do jeito que planejamos, e às vezes isso é até melhor.
    Você é nova ainda e com certeza irá realizar todos os seus sonhos!!!
    Bjos
    Jack mãe do Bryan e do baby n° 2 na barriga

    ResponderExcluir
  14. Venho te
    visitar e te desejar um fim de semana abençoado.


    Aguardo a sua
    visita. Aproveito para convidá-la a
    votar no Top 2012 em meu blog.


    Bju

    ResponderExcluir
  15. Oi amiga!Como pode ne!tu preve o futuro?eu estava hj no banho pensando nas escolhas q fiz na vida e como tudo isso afetou meu futuro!Estou num rascunho pro blog falando deste assunto.As vezes este é o unico amigo que nos ouve né,nos entnde e nao nos faz perguntas!ah!tenho q confessar amava backstreet boys na adolescencia!!!!!! dancei muito" My fire" com as amigas!

    ResponderExcluir
  16. Teresinha Nolasco30 de julho de 2012 14:33

    Olá Marcella , como vai (além disso tudo que está sentindo)?Sou do "Bolhinhas de Sabão para Maria" e te achei também no Agrega
    Pais.. Santo Agrega... Também sou mãe de uma menina, hoje com 5 anos e 7 meses...
    Então.. você tocou num ponto que acho maravilhoso... A MÚSICA... eu sou totalmente musical... Canto sempre que posso... quando lembro de
    fatos e lembro de determinada música, já tá eu cantando.. pra qualquer
    um...
    Sempre fui assim... Canto pro meu marido.. canto pra minha menina... canto pra algum amigo...Gosto de mostrar letras de musicas e deixar que as pessoas sintam também o que estou sentindo e quão rica é a musica...

    Não tem como não associar fatos de nossas vidas com a música.. ela está presente em tudo.. desde que estávamos na barriga de nossas
    mães.. com certeza elas cantavam...

    E assim vou... sou mesmo completamente musical... Desde criança eu tenho paixão pela música... depois de adolescente trabalhei 14 anos
    diretamente com a música (em rádios).. aí que aflorou mais ainda esse
    lado...

    E quem canta seus males espanta sim. Como disse você...Ela acalma, alimenta a alma, nos anima, protesta, nos faz extravasar, desabafar... é tudo de bom.. Não sei viver sem ela na minha vida...

    Quanto aos momentos que você tem passado.. tranquilize.. e Deixa Deus agir e tomar conta do que você é hoje.. do que você tem... e quantas
    graças não é mesmo? Um marido - que como você mesma disse - honrou com seus compromissos e te deu uma família abençoada. Uma filha igualmente abençoada e imagino uma delícia deve ser...Amigos, aposto que não faltam em sua vida...
    Só temos a agradecer... Aí você pergunta: E o que faço com meus sonhos, minha nostalgia, meus planos.

    Nostalgia a gente tem mesmo.. é do ser humano..e terá o resto da vida.. eu tenho muitas... é vivê-las de forma saudável... e até gostar
    de tê-las...

    Sonhos e planos.. muita coisa muda.. Sabemos que várias coisas não podem ser iguais como antes.. Para cada escolha uma renúncia.. E temos
    que viver essa renúncia, essa escolha ou mesmo a "não escolha" de
    forma mais tranquila... Tentar não deixar morrer em sua vida o que
    gosta de fazer... Seja ouvir música.. conversar com os amigos..escrever.. viajar...
    Basta estarmos vivos pra fazermos as coisas... e termos disciplina, organização e colocar nossos sonhos lado a lado pra tentarmos
    vivê-los..
    Da melhor maneira, do jeito que está a vida hoje... mas não deixar morrer nunca todos eles..

    Tenho certeza que você pode: mesmo que não seja da forma que você gostaria...mas de uma forma diferente... mas feliz... O mundo gira não
    é mesmo? E tudo muda uma hora ou outra.. precisamos viver de forma
    melhor essas mudanças.. enfrentá-las mesmos... e olhar pra dentro e
    dizer: que bom.. eu posso...

    Deus te abençoe a isso... E cante muito pra todo mundo... ouça
    bastante música... e seja feliz com as bençãos que você tem na vida...Uma beijoca na sua pequena por mim..
    Ahh.. esses dias mesmo estava cantando pra minha Maria..Se tiver um tempinho dê uma passadinha pra ler o texto no blog.. seja bem-vinda...Bjus..Tê
    http://bolhinhasdesabaoparamaria.blogspot.com.br/2012/07/viver-e-ensinar-o-que-e-bom.html
    (Desculpe se repeti o comentário.. não sei se enviou - fiz confusão..rs)

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 Mamãe de Salto - Layout Personalizado por Giselle Carvalho