AMAmentação!

Eu preciso começar meu texto fazendo um desabafo que mãe que é mãe aprende na prática porque não ensinam isso: AMAMENTAR É MUITO DIFÍCIL! #ProntoFalei!

Vende-se uma imagem de que a amamentação é rápido e fácil, quem não amamenta é porque é fraco. #mentira! Ninguém fala que é preciso ter paciência, amor, vontade e muuuuuuita determinação, porque não é fácil!

Eu tenho como experiência de vida uma avó que gerou cinco filhos: TODOS amamentados com leite de vaca direto da fazendo com muito amido de milho; três duas tias que geraram dois filhos cada: TODOS amamentados com leite de vaca direto da fazenda com muito amido de milho; uma mãe que gerou duas filhas: TODAS amamentadas com leite de vaca direto da fazenda com muito amido de milho.

Cresci ouvindo que mulher da nossa família NÃO tinha leite, e se tinha era POUCO e era FRACO. Pronto, isso bastou para eu saber que eu também não seria diferente.

Tenho que abrir meu coração e confessar algo que “escondi” e descobri apenas há algum tempo atrás: eu não fiz nada pela minha filha! Eu não li nada durante a gravidez e jamais fiz alguma pesquisa sobre ser mãe e tudo o que envolvia o universo materno! Tudo o que eu faço hoje para ajudar mulheres, gestantes e mamães, EU não fiz! Então eu não sabia nada sobre parto, amamentação e vida materna. Então o que posso dizer é que eu também me acomodei nessa situação de ninguém teve leite na família e eu também não terei, simples assim!

E por algum tempo (para não dizer três anos) me acomodei em dizer que eu não consegui, não tive estímulo, não tive conhecimento ... na verdade eu não sabia o que era, como era nem para que era amamentação!

Eu tentei amamentar a princesa por dois meses, até que no dia seis de abril de dois mil e nove meu leite IN(felizmente) secou e eu deixei Sophia ser amamentada com mamadeiras lindas e sofisticadas, com leites em pó artificiais importados.

Dizer que tenho orgulho disso, nem um pouco, mas também falar que me envergonho também seria mentira, porque sei que precisava passar e viver isso para aprender que é preciso fazer tudo muito diferente!

Sei que nem sempre é possível amamentar, oferecer o leite direto da fonte sem conservantes e nada de industrialização! Mas é preciso saber entender o porque!

Conheço mães que amamentaram e que pensam que numa possível segunda gestação NÃO amamentaria, porque achou sofrido, dolorido e até nojento!

Conheço mães que amamentaram os dois filhos. Na primeira gestação fez tudo conforme orientação médica e dos livros; na segunda gestação fez tudo conforme o bebê e a mãe desejavam. Prefere milhares de vezes a segunda opção e se arrepende de não ter seguido o instinto materno desde o primeiro frutinho!

Conheço mães que na maternidade, ao primeiro choro do frutinho chamou a enfermeira e pediu leite em pó. Iria tentar, quem sabe um dia!

Conheço mães que não tiveram leite algum na maternidade e foram orientadas a oferecer leite em pó. Em casa, depois de alguns dias com o frutinho e tentando e estimulando por conta e vontade própria conseguiu ter muito leite.

Conheço mães que prepararam o seio, leram tudo o que tinha disponível para aprender sobre amamentação. O frutinho nasceu e a saga da livre demanda começou, sempre ao som de música clássica até a idade em que o frutinho não quis mais o leite materno.

Todas elas são mães que amam seus frutinhos e que fizeram aquilo que acharam que era o melhor para ambos! Não tem como dizer quem está certo ou errado, podemos aprender com as experiências e selecionar aquilo que, para nós, é melhor!

Quem saiba eu tenha “errado” muito na primeira gestação para que numa próxima eu possa fazer “certo”.

Baseado num card que a Revista Pais & Filhos começou a compartilhar no Facebook, fiz OUTRO card e compartilhei nas redes sociais. Eu quero que numa próxima gestação muita coisa aconteça diferente, inclusive amamentar, mas como dizem querer não é poder, e nem sempre é possível!

Curtiu?!? Compartilha AQUI

Curtiu?! Compartilha AQUI


Eu posso dizer que tentei, do meu jeito mas tentei! Acho que essa é a benção da maternidade, poder tentar, errar, ter a chance de acertar sem que nada de ruim aconteça!

Admiro as mães que conseguiram ser fortes ... prometo que da próxima vez serei mais persistente! #prometodecoração


7 comentários :

  1. Amamentar não é fácil mesmo não!!
    Adorei


    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. É pra quem pensa que é facil, tá ai..

    beijos Maa!

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus !! Que lindo, não é fácil não...deu para entender aí tudinho, a sua experiencia. Amamentar não precisa de ser PERFEITO mas sim um momento VERDADEIRO entre mãe e filho.
    Beijos
    http://mundodomeudani.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. amiga.....não se culpe.....e olha....amei seu texto...foi uma confissão feita do fundo do seu coração e te entendo perfeitamente....bjus

    ResponderExcluir
  5. Marcisiane Roberta Soares2 de agosto de 2012 23:21

    Eu tb escutei essa q na familia o leite era fraco, tb não pesquisei sobre o assunto, e errei muito, dei LA para ele com 7 dias, ai com qs 3 meses ele largou o peito. Mas eu não aceitei e comecei a relactação que faço até hoje. Ele irá completar 10 meses na segunda. Amo amamentar e tb na próxima prometo me esforçar ainda mais!!!

    ResponderExcluir
  6. Lindo seu texto, amamentar é a melhor coisa que existe mas é preciso se ter muita informção, e com certeza na proxima amamentação tua vc vai estar bem melhor informada. Parabens

    ResponderExcluir
  7. Eu amei amamentar minhas 4 filhas e tenho muito orgulho disso, sinto que cumpri minha missão nesse quesito, não é fácil mas com esforço, paciência e dedicação, pode acontecer de uma forma linda.
    maede4princesas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 Mamãe de Salto - Layout Personalizado por Giselle Carvalho