Síndrome de Munchausen

Quem me conhece e acompanha o Mon Maternité há algum tempo já sabe que eu adoro o canal Home & Health. Adoro programas que falem de comportamento, acho que é por isso que desejo tanto fazer psicologia!

Supernanny, Adolescentes Rebeldes, Um bebê por minuto estão na lista de adorados, mas o meu preferido é sem dúvida nenhuma Troca de Esposas! Em setembro, o canal está tratando sobre família e está com alguns programas inéditos e super diferentes todos os domingos e, no último dezesseis de setembro, não foi diferente; O Home & Health exibiu um programa com um assunto que mexeu demais comigo, seja como mulher, mãe, ser humano, futura psicóloga ... você já ouviu falar de uma tal de Síndrome de Munchausen?!

O nome do programa me chamou demais a atenção Minha Mãe, Minha Assassina, deixei ligado de curiosa, afinal, mesmo com esse nome, jamais imaginava sobre o conteúdo do programa. Quando o narrador começou a explicar sobre a tal da síndrome, misericórdia, entrei em pânico. Um misto de sensações e sentimentos começaram a surgir: como assim, uma mãe consegue provocar situações para que o próprio filho sofra?!; Como assim uma pessoa tem prazer em ter um filho e desejar o seu mal


A Síndrome de Munchausen é uma doença psiquiátrica na qual o indivíduo “de forma compulsiva, deliberada e contínua, causa, provoca ou simula sintomas de doenças, sem que haja uma vantagem óbvia para tal atitude que não seja a de obter cuidados médicos e de enfermagem”.

O tipo mais comum da síndrome é a Síndrome de Munchausen por procuração – sério, respirem fundo e leiam com calma, atenção e saibam que você NÃO leu errado! “A Síndrome de Münchausen por procuração (SMPP) é uma forma de abuso na infância ... Nesta síndrome, o perpetrador assume a doença indiretamente (por procuração), exacerbando, falsificando ou produzindo histórias clínicas, evidências laboratoriais, causando lesões físicas e induzindo a hospitalizações com procedimentos terapêuticos e diagnósticos desnecessários. Esta forma de abuso é ocultada pelo seu perpetrador, que demonstra aparente interesse e um envolvimento excessivo nos cuidados com a criança. A doença é usualmente “fabricada” pela mãe, mas ocasionalmente com a participação simbiótica do filho.”

Vocês conseguiram sentir a profundidade do negócio?! Uma mãe, que quer chamar a atenção para si, é capaz de causar problemas de saúde seríssimos num filho, podendo leva-lo a morte. Pelo o que eu entendi, o intuito não é matar o filho, mas sim fazê-lo ficar muito doente e, com isso, fazer com que as pessoas vejam na mãe uma super mãe, que zela, cuida, passa dia e noite/noite e dia cuidando do filho, mas na verdade, tudo isso é para que a mãe seja o centro das atenções. 

A pessoa que sofre de Síndrome de Munchausen por procuração pode estar em busca de atenção porque sofreu abusos ou perdeu um dos pais quando era criança; por estar passando por problemas sérios no casamento ou uma grande crise de estresse. Ser visto como uma mãe zelosa pela equipe do hospital é uma maneira de receber o reconhecimento que ela pode não ter recebido de outra maneira, mas acredita-se que filhos de mães com a Síndrome de Munchausen por procuração quando crescem, continuam a “colaborar” com a mãe e passam a sofrer da mesma doença! Jesus, que loucura é essa?!

Sabe aonde vi pela primeira vez algo do gênero?! No filme O Sexto Sentido, The Sixth Sense – 1999. Lembram-se que tem uma menina, já morta que faz o menininho mostrar para todos um vídeo aonde a mãe dela coloca produto de limpeza na comida dela?! Então ... isso é em função da Síndrome de Munchausen por procuração.

A doença é rara, principalmente pela falta de diagnostico. Segundo o programa do Home & Health, os primeiros a suspeitarem são os médicos dos hospitais, em função das inúmeras vindas ao pronto socorro com motivos diversos e diferentes e, mesmo no hospital, a criança só piora! Para descobrir as causas, muitas vezes o hospital entra em contato com a polícia que autoriza a instalação de câmeras escondidas.

Eu confesso que fiquei muito chocada com tantas informações! Acredito que se faça necessário passar esse tipo de informação adiante! Tudo que escrevi aqui foram baseados no programa Minha Mãe, Minha Assassina, de sites da internet como este AQUI, AQUI e este AQUI, mas estou pronta para receber mais informações e, se algo estiver errado, por favor, me avisem! Eu quero aprender muito mais sobre isso!

Eu acredito que não conheça ninguém que sofra dessa doença, mas você pode! Então acho que coisas assim, por pior que sejam deva ser falado, conversado, explicado!

7 comentários :

  1. Estou passando mal... MUITO interessante, MUITO importante e MUITO bem redigido seu post Mah!!! PARABÉNS pela sensibilidade e dedicação com que faz seu trabalho. Bj grande, Ju Cunha e "Fabiolenta!"

    ResponderExcluir
  2. Genteeee to chocada!!!!

    ResponderExcluir
  3. Extramamente interessante, conheço a doença mas não sabia o nome correto. Excelente post, bem esclarecedor.
    beijos
    maede4princesas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Confesso que nunca tinha escutado falar dessa doença, fiquei chocada com as informações ... Parabéns pelo post, com certeza irá alertar muitas outras pessoas
    Beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Também sou fã dos programas do Discovery H&H, em especial de todos os que falam sobre maternidade. Vi a chamada deste, mas não pude assistir. Realmente é assustador pensar que uma mãe possa fazer isso com o filho simplesmente para chamar atenção. Há coisas na mente humana (muitas, aliás) que é difícil entender, principalmente quando avaliamos mais com a emoção do que com a razão, como neste caso.
    Acho que vale o alerta para todos nós.
    Beijos e parabéns pelo post
    Mari
    http://caderninhodamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. eu ja conhecia essa historia, vc viu a da mãe q matou, axo q uns 14 filhos?? trodos bebes para ter atenção? pois, tragico né! e horrivel... tb amo o H&H, pena q la em casa estou sem esse canal no momento, queria ter assistido esse programa! bjssssssss

    ResponderExcluir
  7. Gostei bastante dos temas que vc aborda! Virei com mais frequencia aqui.
    Um excelente início de primavera para vc!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 Mamãe de Salto - Layout Personalizado por Giselle Carvalho