Estaríamos nós num Big Brother?!!

Estou surpresa, chateada, triste ... pode parecer bobagem de mulher sensível, mas sabe quando estamos na escola, lá pela quinta ou sexta série e o grupo mais popular da sala decide excluir você das atividades, da escolha para o time na educação física ou da rodinha de bate papo na hora do recreio?!? Então, confesso que estou me sentindo assim de uns tempos para cá!

Não, não estou na escola .... nada haver com estudos, é com a blogosfera mesmo!

Sei que estou muito longe de ser uma mãe influente, minha opiniões nem sempre são vistas como corretas e estou mais para liberal do que tradicional, mas de um tempo para cá tenho sentido resistência por parte de muitas mamães blogueiras que antes pareciam ter afinidade.

Não estou nem entrando no mérito da Blogagem Coletiva, sabia que jamais teria uma aceitação e colaboração tão maciça quando de blogs/sites mais antigos e influentes, mas estou falando de companheirismo, camaradagem, gentiliza!

Há alguns meses criei o grupo de discussão no Facebook Mon Maternité [convido as mamães a participarem, lá podem publicar posts dos blogs e começar discussões e trocas de experiências], como existem o Recanto das Mamães Blogueiras, Mothers and Bloggers, De mãe pra mãe entre outros ... e, quando fui convidar algumas mamães blogueiras que são minhas “amigas” na rede social me deparo com a seguinte mensagem:



Achei estranho porque não achava o nome das pessoas na lista e fui atrás e descobri que eu já tinha feito os convites, porém sei lá por quais motivos decidiram sair e bloquearam novos convites para participar, agora ela é quem precisa pedir. EI ... como assim?! E muitas eram usuárias, até publicavam e comentavam ... Infelizmente não tem como não levar isso para o lado pessoal!

Quando assisto ao BBB e tem noite de votação, me sinto tão indignada com aqueles papinhos mais bobos de “Ai Bial, eu não queria votar nessa pessoa, mas é que fica difícil votar, eu gosto de todo mundo e optei pelo critério de afinidade e essa semana foi a pessoa que menos tive contato na casa então vou votar nela” .... acho mais legal dar a justificativa que é porque quer se defender e ganhar o jogo então vou votar no que tem mais chance de sair do que ficar falando “Eu te amo mas quero você fora daqui”. Sabe, infelizmente me senti assim ao ver essa mensagem ... daí a gente para e analisa que some do blog, nunca mais deixa comentário ... ou seja: não gosto de você!

Entendo, ninguém é obrigado a gostar de alguém, muito menos ler a minha história  ... mas sei lá, a gente faz tudo de coração, mas é realmente impossível agradar a todos.

Confesso que fiquei triste; triste porque não esperava, mas a gente precisa de uns “paredões” da vida para realmente descobrirmos quem é nosso amigo e deseja caminhar juntos até a grande final ou quem dança na festa e vota com a desculpa de que é só “falta de afinidade”.

do Google 

11 comentários :

Eu tenho uma identidade secreta!

Não é surpresa nenhuma que sou super fã de filmes de animação, isso antes mesmo de eu estar grávida! Fui no cinema assistir desde Rei Leão até Shrek, sem contar os que comprava! Madagascar assisti quatro vezes no cinema e Carros ganhei o DVD do namorado no dia que chegou às lojas. Quando meu primo era pequeno, eu auxiliava minha tia na melhor escolha de filmes e, para Sophia, não foi diferente. Seu primeiro DVD foi “Galinha Pintadinha”, mas o segundo foi “Toy Story”. Hoje a paixão varia entre “Como treinar seu dragão”, “UP, Altas Aventuras” e o sempre presente “Ratatouille”.

Nesse último final de semana fomos passear no shopping em família e me deparei com um menininho liiindo, com quatro/cinco anos com uma fantasia do filme “Os Incríveis”. Ele apareceu correndo na nossa frente e eu rapidamente falei para Sophia “Olha filha, um incrível”... o menininho olhou com uma super cara de bravo, tipo indignado e falou “Eu não sou incrível, eu sou O SENHOR INCRÍVEL!”... me apaixonei! Meu instinto maternal até aflorou e a vontade de encomendar um menino surgiu, mas passou!

Mas confesso que o encontro com O senhor incrível me fez pensar na história do filme e super identificar a minha vida, a da minha família com a família Pera. Pensem comigo:

Mulher elástica = mãe. Cuida da casa, filhos e marido, precisa manter a harmônio do lar, parece estar sempre feliz mas só ela sabe o quão sofrido é/foi deixar para trás toda uma história, uma liberdade em prol a felicidade daqueles que ela ama e, em muito momentos, ninguém nem presta atenção nela. Sem contar o super poder de estar com uma mão na sala, outra no banheiro, cabeça no quarto e perna na lavanderia.

Senhor Incrível = pai. Forte, másculo, protetor e provedor mas ausente das responsabilidades e cuidados com o bom andamento do lar. Em muitos momentos da vida se coloca em primeiro lugar, dando prioridade aos seu interesses e vontades, mas no final das contas, o coração é tão mole e cheio de amor que esquece do egocentrismo característico do homem para fazer a vontade da esposa e filhos.

Violeta/Flecha = filhos. As crianças da família Pera tem super poderes bem característicos das crianças: ou corre e apronta ou é tímida e parece desaparecer perante as pessoas. Inteligentes e espertas, fingem não entender os conflitos e dificuldades que passam ao seu redor, principalmente quando a dificuldade é entre os pais, mas com sua doçura e nosso amor incondicional, mudamos o mundo e lutamos contra tudo e todos para que se sintam importantes e amados.

Pois é, eu preciso muito revelar que somos uma família Incrível. Com seus altos e baixos, com nossos erros e acertos, nossos afetos e desafetos, nossas facilidades e dificuldades ... não tem jeito, somos uma família incrível! Tudo começou tão rápido que não deu nem tempo de entender, precisamos aceitar a vida; com o tempo a vontade era de sumir, ir embora e só voltar quando tudo estivesse em ordem; mas foi preciso ser forte para suportar todas as dificuldades e era preciso se contorcer toda para não parecer que estávamos perdidos no meio daquela coisa chamada FAMÍLIA!



Para comemorar nossos super poderes, apresento à vocês um poder que até sábado estava oculto em nossa casa: cantar! Não, não sou eu ... e papai, bem, esse é guitarrista e vocalista! Mas melhor do que tentar explicar é deixar que vocês vejam com seus próprios olhos! Com vocês ....... Sophia!!!


4 comentários :

Primeiro sorteio do ano!!!!

Se o ano só começa depois do carnaval no Brasil, então podemos afirmar que o ano do Mon Maternité começou mais que perfeito ... sabe por que?!?! Vamos iniciar com um sorteio!!! VIVA!!!

Lembram que há tempos eu falei da nossa parceria com a Editora Juruá AQUI!?!? Então,  nosso parceiro nos presenteou com um livro super especial para que pudéssemos sortear entre nossos leitores ... Eduque com Carinho - Para Pais e Filhos, de Lidia Weber.

Este livro pode ser seu!!


Baseado no princípio da psicologia positiva (amor e limites), a doutora em psicologia Lidia Weber, guia os pais de forma objetiva e com fácil linguagem para que sejam mais seguros e participativos, e, assim, ajudem seus filhos a se tornarem responsáveis, autônomos, competentes, autoconfiantes e afetivos.


Então ... todos preparados para participar desse sorteio!?! Então, vamos dar início ao primeiro sorteio de muuuuitos aqui no Mon Maternité!

Sorteio Mon Maternité/editora juruá

Período de participação -  27/02, segunda-feira ATÉ 14/03, quarta-feira;

Regras:

1* Ser morador ou ter endereço de recebimento no Brasil;

2* Ser seguidor do blog Mon Maternité [para ser seguidor não é necessário ter blog, basta ter conta no Google, Yahoo ou Twitter ... na barra lateral do blog você encontrará uma caixinha sugerindo ser seguidor, basta clicar, fica bem do ladinho direito >>>>>>>];

3* Responder o formulário, basta clicar AQUI para que ele apareça;

Chance extra ... tem sim senhor!!!

Divulgar nas redes sociais!

* Twitter: Twittar a frase “Eu quero ganhar o livro Eduque com Carinho que o @MonMaternite está sorteando”;

* Facebook: Publicar a frase “Eu quero ganhar o livro Eduque com Carinho que o @Mon Maternite está sorteando”;

*****Para que a opção do Facebook seja válida, é preciso ser meu amigo ... basta clicar AQUI e será direcionado até minha conta!*****


Para quem não participou de nenhum sorteio aqui do blog, o resultado é feito no estilo Mon Maternité de ser, nomes em papeizinhos, todos recortados em tamanhos iguais, cada chance extra dá direito a papeis extras e Sophia “escolhe” o vencedor, tudo devidamente fotografado e filmado! Qualquer dúvida, peço que entre em contato pelo email monmaternite@monmaternite.com.

Quem desejar conhecer a Editora Juruá e todos os seus maravilhosos livros, entrem pelo banner que está na barra lateral direita inferior, pois, acessando o site da editora pelo banner, na compra de qualquer livro você ganha 10% de desconto! Vale a pena!

Desejo boa sorte para tooooodos ... e muito obrigada pela participação!


4 comentários :

Moda gestante ...

A gravidez é um momento único e fascinante na vida de uma mulher. Não sei se é pela felicidade, plenitude ou hormônios em ebulição, mas durante nove meses vivemos uma fase de glamour total! Nossos cabelos ficam mais cheios, brilhosos e macios; o sorriso não “cabe” dentro da boca; os olhos brilham a cada piscadela; a pele fica macia e radiante! Porém, para algumas mulheres o período gestacional torna-se uma tristeza em função da facilidade em engordar muito mais do que apenas os 7/8/9 quilos do bebê.

Até algum tempo atrás, quando engordávamos acima do desejado, precisávamos optar por roupas enooomes, batas gigantes e calças largas, tudo no melhor (ou pior) estilo Alcione de ser, deixando assim o momento mais lindo da mulher se tornar quase um inferno!

Mais isso é coisa do passado! Hoje existe uma moda totalmente voltada para as gestantes, onde a modelagem é toda apropriada para as mudanças corporais da gravidez, cuidando da barriga e seios, sem deixar de lado a moda e o estilo.


“... bom destacar de que a principal diferença que existe entre a moda feminina e a moda gestante, e até mesmo a Plus Size, esta basicamente na modelagem especializada, que é toda diferente, pensada e feita para que a mesma peça possa ir se adaptando as mudanças no corpo da gestante (principalmente mais na barriga, na cintura e nos seios). Para isto são usados uma série de cortes próprios, assim como ajustes internos na peça.

Pois é esta modelagem, quem vai garantir antes de mais nada, que a peça tenha um perfeito caimento no corpo da gestante, fazendo que ela pareça uma grávida e não apenas gordinha. Esta modelagem é quem vai garantir também o conforto que a gestante precisa, de não ficar pequena demais e apertar em especial quando senta, e também a segurança, de não ficar grande demais e caindo em especial quando anda.

Muitas acham que é a mesma coisa que comprar um tamanho maior, mas não é pois esta peça é maior como um todo, feita para que usa um tamanho maior, e não vai ter exatamente este caimento, conforto e segurança, que uma com as mudanças apenas aonde ela precisa vai ter.


Estilo e glamour da Zazou Moda gestante

Sabem como eu sei de todas essas informações úteis e valiosas!!? Foram me dadas pela nossa nova parceira, a Zazou Moda Gestante!

Zazou Moda gestante


A Zazou surgiu em 2001 no mercado nacional de moda gestante com o intuito de oferecer algo novo ao varejo e atacado, incluindo catálogos e Loja Virtual. O significado da palavra francesa “Zazou" já diz isto : "Jovens Revolucionárias da Moda", um movimento que mudou o rumo da moda atual e este é o nosso objetivo para a moda gestante.

Somos uma empresa especializada em Moda Gestante que desenha e fabrica todas as suas peças pensando no estilo atual e seguindo as tendências da estação sempre se preocupando com o conforto que a grávida precisa e com as mudanças que seu corpo vai ter ao longo dos 9 meses de gestação.

Para isto trabalhamos com produtos diferenciados, aliando mão de obra especializada aos melhores tecidos e moldes para o corpo da grávida.

A cada estação lançamos uma nova coleção conectada no que está acontecendo na moda feminina internacional e seguindo as tendências. Trabalhamos com uma coleção com mais de 150 modelos diferentes para todos os gostos e necessidades, confeccionados em poucas quantidades com um perfil exclusivo e sempre atualizados.

Quando eu soube da minha gravidez, as coisas foram tão rápidas e inesperadas que nem parei para pensar em ir até uma loja especializada em roupas para gestantes, no fundo eu quis esconder a gravidez e me escondi em roupas de ginástica . Usava calças de moletom e camisetas soltinhas e curtinhas, como se eu fosse uma gordinha querendo perder peso! Hoje super me arrependo! Como gostaria de aproveitado que estava grávida no verão e usar vestidos, bermudas ... mas não, me escondi em roupas largas!

Hoje dá para ficar linda e na moda durante todos os dias da vida! Por isso, agradeço a Zazou Moda Gestante pela oportunidade de nos informar sobre esse cuidado com a mulher gestante e pela parceria que promete muito! Que seja uma benção!

Para as gravidinhas de plantão acessem AQUI o site da loja virtual da Zazou Moda Gestante. Mas tem Zazou em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba (VIVA!!!!), Blumenau, Santos, Manaus ..... tem no Brasil inteiro, clique AQUI e saiba aonde encontrar uma representante ou loja própria da marca!





5 comentários :

Vamos ao Mercado do Bebe.com!!!

As portas se abrem tão maravilhosamente nas nossas vidas! Parece que quando a gente decide pegar a chave do sucesso e ir em busca da porta da felicidade, a gente vai abrindo uma atrás da outra! Delíííííícia!!! Depois do sucesso (eu achei um sucesso) a Blogagem Coletiva *** veja a lista dos blogs participantes e suas histórias AQUI*** venho apresentar um novo parceiro que merece destaque na programação do blog!

Mulher, esposa, dona de casa combina com .... supermercado! Farinha de trigo, óleo, detergente, saco de lixo, sabão em pó, amaciante, desinfetante, ovos e água, tudo e muito mais a gente compra quase que diariamente nos supermercados para abastecer e auxiliar no bom andamento do lar. E para as mamães, aonde podemos fazer as compras básicas para o sustento e desenvolvimento do frutinho?!?!? No Mercado do Bebe.com! Siiiiiiim, a solução dos nossos problemas está a um clique!

Mercado do Bebe. De A a Z, tudo para o seu bebê!

Mercado do Bebe.Com


Para comprar no Mercado do Bebê é simples e prático. Com seu cartão de crédito em mãos você pode fazer suas compras sem sair de casa e também parcelar suas compras em até 18x.
Nossos produtos estão disponíveis no site mercadodobebe.com, cada produto com suas especificações necessárias, caso houver alguma dúvida a respeito de qualquer produto você poderá nos contactar por e-mail ou diretamente por telefone. O Mercado do Bebê esta disponível em 12 cidades com números para contato sem que nossos clientes se disponham em pagar ligações internacionais para os Estados Unidos, um de nossos atendentes estará esclarecendo suas dúvidas.
Caso você esteja procurando algum produto que não esteja disponível em nosso site mercadodobebe.com, você tem a opção de encomendá-lo, basta nos contactar preenchendo o formulário "Encomenda de Produto”, um dos atendentes do Mercado do Bebê entrará em contato com Você nosso cliente, no prazo de até 24 horas. Lembrando-os que faremos a cotação do seu produto sem compromissos.

De termômetro à cadeirinha de alimentação; de porta lenços umedecidos à piscinas. Gostaria de convidá-los para conhecer o MercadodoBebe.com, clique AQUI para conhecer o site; clique AQUI para curtir a fan page na rede social Facebook e clique AQUI e deixem um recadinho no site para receber novidades!

Seja bem-vindo Mercado do Bebe, que essa parceria seja abençoada! Obrigada pela oportunidade!

2 comentários :

Suuuuucesso!!




Nem acredito que deu certo ... meu Deus, isso é maravilhoso!!!

Quando tive a idéia da Blogagem Coletiva, sabia que enfrentaria resistência e dificuldades pelo caminho! Não sou TOP; meu blog não tem layout diferente, pelo contrário, eu baixei kits e mais kits de scrap digital para fazer um cabeçalho original para o blog; não tenho dezenas de parceiros muito menos centenas de seguidores ... aqui é tudo muito simples, mas tudo feito com muito amor, carinho e dedicação.

A principio achei que não haveria ninguém além de mim na Blogagem Coletiva, daí seria uma Blogagem Solitária; depois pensei que milhares de bilhares de pessoas fossem querer participar, mas daí esbarramos na questão “Quem é Marcella e Mon Maternité na ordem de blogs a serem seguidos na blogosfera?!”... mas minha maior alegria foi ter amigas fiéis e leais que compraram minha ideia e decidiram mostrar para todo mundo o porque elas decidiram ser blogueiras! Meninas mamães amigas ... à vocês, meu muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu...uuuuuuuuito obrigada!!! Vocês fazem A diferença na minha vida, não somente profissional mas também pessoal!

Segue a lista com os blogs participantes ... se você participou e eu esqueci de publicar, por favor, deixe um comentário com o link da postagem!











2 comentários :

Blogagem Coletiva: Por que sou blogueira?!?


Blogagem Coletiva: Por que sou blogueira?!



Muito se fala na blogosfera materna sobre educação, criação, valores e experiências, mas pouco se discute o verdadeiro motivo que nos levou a querer vir a público, expor nossas histórias, vidas, dilemas e experiências em prol de um “desconhecido”. Foi por isso que propus essa blogagem coletiva com o tema “Por que sou blogueira?!” .... essa é a minha contribuição, e ficarei muito feliz em ver a sua depois!

O que faz da minha história, da minha vida, das minhas experiências melhores e mais importantes que a sua para que mereça um veículo de comunicação especializado e exclusivo?! Não basta apenas defender a idéia de querer compartilhar, aprender e ensinar, é preciso ter “peito” e muito orgulho para assumir que você se acha a melhor mãe, tão boa e suficiente para que possa ajudar e ser apoio para alguma mamãe e/ou futura mamãe que vier a passar por situação igual ou semelhante a sua! No fundo, a gente odeia ouvir pitacos e palpites, mas o que fazemos no blog é exatamente isso, PORÉM, não haverá voz nem aqueles cutucões típicos que acompanham o conselho!

Minha história não é exceção, não é dramática e, graças a Deus, não envolveu doença alguma, então, o que me faz querer ser apoio para alguém?! O simples fato de que eu não tive nenhum suporte ou apoio! Não que meus pais me colocaram para fora de casa nem o pai da minha filha se opôs a aceitar e registrar nossa filha, mas não tive suporte de ser mãe! Precisei passar por tudo na raça, firme e forte! Não houve curso, conselho, pitaco nem palpite, eu precisei aprender tudo na prática! E não foi nenhum pouco fácil! E se fosse apenas eu, mas meu namorado, hoje marido, também era tão ou mais irresponsável, infantil, imaturo, imbecil do que eu! Não estou o xingando, estou me colocando no bolo!

Realmente não sou exemplo de melhor mãe ... aos olhos de muitos conservadores, sou péssima: não fiz parto normal, muito menos natural; não amamentei; não usei sling; dei um andador aos seis meses e coloquei na escola aos sete meses; o berço desmontável ficava no meu quarto, por isso Sophia até os dois anos e meio sempre dormiu no quarto com os pais .... é, eu realmente não sou o melhor exemplo de mãe do mundo, MAS, eu sei que enfrentei e enfrento muita coisa para ser mãe e é isso que me dá segurança e vontade de vir em publico, diante de um mundo inteiro de desconhecidos expor minha vida e minha história!

Ser mamãe blogueira é muito mais do que alegria e prazer ... é um compromisso total com a veracidade de fatos! Seja a abordagem do blog: diário, relatos, histórias, textos sobre a infância ou/e maternidade ou qualquer outra forma que abranja o público mãemulher - filhos, é fato que precisamos ser íntegros, sinceros e honestos! Não é correto, nem justo escrever textos ou mesmo fazer comentários nos blogs amigos sobre a importância e defendendo uma alimentação natural e orgânica e em casa, dá-lhe salgadinhos feitos de conservantes com sabor sódio?! A gente não pode garantir a honestidade de todo mundo, afinal, já vimos que existem pessoas dispostas a fazer blogs se passando por outras pessoas ou ainda ser uma doida varrida capaz de roubar imagens e usá-las como álibi de uma gestação mentirosa!

Amo ser blogueira .... enquanto não adquiro um diploma de curso superior, em muitos cadastros respondo que minha profissão é blogueira. E acredita que isso já rendeu muitas visitas ao blog?! Pois é, da mesma maneira que se colocarmos dermatologista, cirurgião-plástico e/ou dentista chove consulta para as vendedoras, o mesmo interesse surge quando alguém se depara com uma “profissão” nova ... a curiosidade!

Sou blogueira porque quero ser apoio para quem precisa de um ombro, de um estímulo, de um suporte! Se entramos em grupos de discussões na rede social Facebook, por exemplo, encontraremos mamães perguntando coisas que seriam tão mais fáceis se questionadas para o pediatra, por exemplo, mas existe uma empatia tão maior com mãe de verdade e, se duvidar, até remédio a gente aceita como solução!

Por isso .... sou blogueira com orgulho! Sou mamãe blogueira apaixonada pelos blogs amigos.


Gostaria de agradecer a cada mamãe blogueira que “comprou” minha idéia e aderiu a Blogagem Coletiva! Assim a gente conhece não somente mais blogs, mas também sua história, origem e a blogueira querida! Sei que não sou blogueira TOP e que falta muito para eu ser alguém em destaque nessa blogosfera gigantesca de meu Deus, mas espero que tenha valido a pena parar e pensar o porque decidimos compartilhar nossas histórias! Obrigada pela confiança e credibilidade! Conto sempre com vocês!!

Prometo amanhã já estar com a lista oficial de todos os blogs que participaram da Blogagem Coletiva ... para que ainda está curtindo o carnaval e quiser participar (essa é para você Paty Maionese), pode fazer o post atrasadinho ...

Mais uma vez, obrigada!

3 comentários :

Final de festa ....


 Um amigo meu fez a seguinte citação na rede social Facebook “Carnaval: festa pagã em que todos dão graças a Deus quando chega e todo mundo reza para que não acabe” .... e vai dizer que não é verdade?! É mulher pelada; oxum, ogum e quaisquer demais entidades e divindades e liberação do sexo e bebedices .... MAS também tem calor, praia, sol, curtição, festa e muuuuuuuita dança!!

Carnaval em Curitiba é muito chato, #fato! É tão chato que ninguém quer ficar na capital, agora se você quer paz e tranquilidade, venha para Curitiba! Só não prometemos sol e calor, isso papo direto com São Pedro! As semanas pré-carnaval até dão a entender que ficar por aqui valerá a pena, porém, quando se aproxima quinta, sexta-feira ... parece algo vai invadindo nosso corpo, uma sensação de tristeza é tão avassaladora que é decretado feriado nacional! Hora de arrumar as malas e enfrentar hoooras de engarrafamento nas estradas rumo ao litoral! Ahhh que benção de Deus!

Momento Perdigão, gente, eu preciso abrir meu coração: no ano em que engravidei da Sophia, não fui para a praia, Sophia nasceu em fevereiro então também não fui para a praia no ano em que ela nasceu! Passaram sem os anos, meu marido tem apartamento na praia, descemos para o litoral e eu me recusei a ir para a areia e apresentar o mar a minha filha por vergonha do meu corpo e o que os parentes do marido poderiam pensar e falar a meu respeito. Se foi burrice, idiotice ou prudência eu não sei, mas preferi me guardar e evitar constrangimentos, afinal, sabemos que quando estamos um grama sequer acima do peso “ideal” já somos criticadas e diagnosticadas. Melhor ficar no resguardo!

Passados três anos do nascimento na Sophia e com um corpo que já tenta a voltar a parecer aquilo que já foi um dia, eu vesti um maiô e tive o privilégio e oportunidade de apresentar as delícias e belezas do litoral catarinense para minha princesa! Que presente de Deus!

Na praia dá para tomar os tão deliciosos e sonhados “quinze minutinhos de sol”, embora com criança pequena eles sejam diferentes! Se antes eu deitava numa esteira e ficava exposta aos raios solares, hoje eu os adquiro indo e voltando na barraca pro mar, do mar pra barraca e sentada na areia fazendo castelinhos e bolos, ambos de areia! Adquiri um tom “vermelho salmão” de dar inveja a muitos peixinhos! Mas nada que quilos de cremes pós sol não ajudem a melhorar!

Viemos para uma cidade bem tradicional do estado catarinense, onde o carnaval é bem agitado, mas sem aqueles trios elétricos que arrastam multidão e confusão! Então todas as noites saíamos para dar uma voltinha, tomar sorvete e dançar carnaval, afinal, a gente não tem como pular o carnaval! Trouxemos fantasia para a princesa mas com medo de estar muito calor, optamos por usar roupa fresquinha e princesa! Nas barraquinhas de muambas, achamos um brinquedo que é uma baleia, golfinho, peixe ou boto, você escolhe o animal que apertando o gatilho, acende a luz, toca uma música e solta bolhas de sabão! Hahahah ... Sophia era a sensação do carnaval de rua! Tinha gente de todos os cantos do mundo tirando fotos da princesa ... cada bolhinha de sabão era um flash! Mamãe e papai não se cabiam de orgulho e alegria ....



Pra que fantasia se a gente tem uma baleia que solta bolhas de salão!?!?





Ah ... não vamos esquecer que quinta-feira, 23/02, é dia de Blogagem Coletiva “Por que sou blogueira?!”... uma blogagem em que todos os blogs façam um post com esse tema, volta aqui no blog e deixa comentário com o link do teu post! Acessem o post da Blogagem AQUI e peguem o selinho!

1 comentários :

Copyright © 2013 Mamãe de Salto - Layout Personalizado por Giselle Carvalho